gestão do procurement

A gestão do procurement ou dos fornecedores é talvez a gestão mais simples ou menos preocupante de todas as “gestões” que o gestor de projecto terá de fazer. Primeiro porque nem todos os projectos implicam esta gestão, depois porque é algo que com a devida antecedência e pressão mitiga todo e qualquer risco.

É verdade que estamos a falar da gestão de algo que não está sob nosso controlo. Por norma um fornecedor é uma entidade externa e como tal tem o seu próprio roadmap (ou calendário) e temos pouca influência sobre este. Também é verdade que como somos clientes devemo-nos fazer valer disso mesmo para trazer a agua ao nosso próprio moinho.

Da experiência que tenho desde que não existam pedidos inesperados de última hora, considero que a gestão de fornecedores é talvez a gestão menos stressante de todas se tivermos feito o nosso trabalho de casa e tivermos efectivamente encomendado todos os recursos necessários para o projecto a tempo e horas (on time).

É verdade que existem rupturas de stock e é verdade que nem sempre um fornecedor conseguirá colocar o recurso humano que desejamos para o projecto na data em que dá mesmo jeito, mas na realidade não é nada que não se consiga contornar com mais ou menos “jogo de cintura”.

Resumindo, quando me falam em gestão de procurement eu costumo dizer: “bring’em on!“.

Até para a semana.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s