requisitos pmp

Já aqui falei sobre a certificação do pmi, o pmp.

O que hoje vos venho falar é algo grave, ou melhor, muito grave.

Sem dúvida que o PMBoK é um manual muito interessante e que a certificação PMP também. E o que eu tenho visto ultrapassa todos os limites da honestidade e seriedade.

O primeiro caso que vos venho falar é sobre os anúncios de emprego que pedem gestores de projecto com 2 anos de experiência e com a certificação PMP. Ora um dos requisitos da certificação PMP é ter-se no mínimo 3 anos de experiência em gestão de projecto, o que quer dizer que este anuncio demonstra uma de duas coisas:

1 – Ignorância total de quem procura os candidatos;

2 – Total alinhamento e concordância com as “trafulhices” que muitos gestores de projecto fazem a candidatarem-se e a obterem uma certificação para a qual não estão habilitados.

O segundo caso que tenho para contar é que eu efectivamente conheço colegas que fizeram a “trafulhice” descrita no ponto 2. Não quero tirar o mérito a quem conseguiu obter a certificação PMP, mas se não estamos elegíveis para a obter estamos no mínimo a por em causa toda a qualidade que era suposto o PMP conferir.

E agora tendo em conta estes 2 casos o que pensar do PMP? É efectivamente uma mais valia? É só para Inglês ver? Pois eu também não tenho a resposta para estas perguntas mas posso-vos garantir que, para já, ainda estou interessado em obter a certificação assim que completar os 3 anos de experiência de gestão de projecto (já falta pouco!). Embora se começar a ter conhecimento de mais episódios destes não sei até que ponto irei manter o interesse.

Acima de tudo não deixa de ser triste saber que, para variar, há pessoas a quebrarem regras para proveito próprio e colocando toda uma certificação em causa de forma (mais ou menos) ingénua.

Até para a semana.

Anúncios