earned value

Uma das técnicas mais famosas de controlar a progressão de um projecto chama-se earned value management (EVM).

E de que se trata esta técnica?

Baseia-se essencialmente na monitorização de três variáveis:
– Planned Value (PV);
– Earned Value (EV);
– Actual Cost (AC).

de forma a percebermos se o projecto está fora do expectável no que toca a tempos e custos. Esta técnica não permite verificar o outro vértice do triângulo, a qualidade.

O PV representa a estimava de trabalho produzido num determinado momento.
O EV é efectivamente o trabalho produzido num determinado momento.
O AC é o custo que tivemos com o EV.

E como é que estas 3 variáveis são calculadas?

Vamos imaginar que o nosso projecto é construir 4 kms de estrada em 4 meses com um custo total de 4k€.
No fim do terceiro mês conseguimos construir apenas 1 km de estrada e gastamos 2k€ para o fazer.
Neste exemplo, no fim do terceiro mês o PV é de 3k€, pois esperamos ter produzido 3/4 do projecto. Mas efectivamente apenas produzimos 1/4 do projecto, o que quer dizer que o nosso EV é de 1k€. O nosso AC é de 2k€ pois gastamos 2k€ nesta altura do projecto.

Agora com estes valores vamos ver como estamos a nível de variações de tempo (Schedule Variance, SV) e de custos (Cost Variance, CV).

Para percebermos se estamos adiantados ou atrasados basta subtrairmos ao EV o PV. No nosso exemplo, o SV seria 1k€-3k€, ou seja, estamos atrasados porque o valor é negativo (se fosse positivo significaria que estávamos adiantados e se fosse zero estaríamos on-time).
Para analisarmos se estamos a cima ou abaixo do nosso orçamento temos de subtrair ao EV o AC. Pelos valores que recolhemos em cima teríamos um CV de 1k€-2k€, ou seja, outro valor negativo o que se traduz numa derrapagem financeira ou over-budget (se fosse positivo estaríamos under-budget e se fosse zero on-budget).

Conseguimos assim perceber até ao momento que estamos atrasados e acima do orçamento previsto.

Com esta análise podemos também fazer a seguinte previsão: Para concluirmos os 4 kms de obra iremos precisar de 8k€ e não dos 4k€ inicialmente estimados (para construirmos 1 km precisamos do dobro previsto). E iremos precisar de 12 meses e não dos 4 previstos no inicio (precisamos de 3 meses para construir 1 km).

Como podem ver o EVM é uma técnica poderosa de controlo que nos permite não só avaliar o presente como prever o restante tempo de vida de um projecto. Agora é só usarem e abusarem do EVM para terem os vossos projectos mais controlados evitando assim surpresas (agradáveis ou desagradáveis) durante os respectivos ciclos de vida.

Até para a semana.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s