the scrum experience

Após estarmos à um tempo considerável a usar Scrum aqui fica o status da experiência.

O primeiro contacto da equipa com o Scrum não foi muito pacífico (embora também não tenha sido nenhuma desgraça), pois apesar de ter transmitido que a presença de um quadro com as tarefas de um projecto não tinha como propósito ser um “big brother”, a verdade é que senti alguma resistência à mudança, pois o white board era encarado como uma ferramenta de controlo/subjugação. Constatei que o white board (inicialmente) em vez de se tornar um facilitador tinha-se tornado uma fonte de stress.

Mas na verdade, e tal como esperava, após a equipa habituar-se à presença do white board (uma questão de dias), bem como das daily scrums, o trabalho começou a fluir de uma forma muito interessante e sem dúvida que nos tornamos bastante mais eficientes.

Com as nossas daily scrums e com o white board conseguimos de forma rápida e simples aferir em que ponto do projecto estamos, que dificuldades estamos a sentir no desenrolar das actuais tarefas, o que está feito, o que está por fazer e o que está realmente feito (validado).

Inclusivamente tivemos um projecto em que o cliente quis fazer uma versão beta e como tínhamos todas as tarefas claramente identificadas foi muito simples definir que features seriam possíveis para uma versão beta e que features apenas estariam disponíveis para a versão final. E é neste tipo de situações em que o Scrum se torna uma mais valia e se destaca das demais metodologias de gestão de projectos.
Apenas deixamos de utilizar o white board quando entramos em fase de testes. Aí usamos uma ferramenta open-source, chamada redmine, para fazermos toda a gestão do fluxo de reporting de bugs (desde o momento em que o bug é reportado até à sua resolução e validação por parte do cliente).

Neste momento estou muito satisfeito com o Scrum e a equipa também já o perfilhou. Estamos todos (a equipa) satisfeitos com o Scrum. As “coisas” mudaram para melhor e somos hoje uma equipa mais eficiente.

Gostaria só de deixar um aviso à navegação: o Scrum não é uma silver bullet, ou seja, não é a solução para todos os males de uma equipa. É apenas uma excelente forma de gerir e desenvolver projectos. Li uma frase na internet que explica da melhor forma o que acabei de escrever: “A great team will have great success with or without Scrum. A shitty team will still produce shit with scrum. Just that the shitty scrum team will see it earlier than the shitty no-scrum team”.

Até para a semana.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s