Agile Portugal 2016 :: SCRUM VS SCRUMAND VS SCRUMBUT: WHICH ONE ARE YOU DOING?

Para gáudio dos agilistas portugueses já se aproxima mais uma edição do Agile Portugal. Esta edição de 2016, tal como o ano passado, vai ser na cidade invicta, no Porto.

Este ano voltei a ser escolhido para falar e como participo, como speaker, desde 2013 esta será a minha quarta vez seguida. 🙂

A minha talk chama-se “Scrum vs ScrumAnd vs ScrumBut: Which one are you doing?” e visa principalmente explorar os conceitos de “ScrumAnd” e “ScrumBut”.

É interessante olhar para as talks que já fiz neste evento e saber que se voltasse a fazer qualquer uma delas iria modificar o seu conteúdo… é o meu espírito de continuous improvement sempre a funcionar:

Agile Portugal 2013 – The Sky Way

Agile Portugal 2014 – Pair Programming

Agile Portugal 2015 – What I wish I knew on my first Scrum sprints

Outra novidade é que este ano faço parte da organização… o que me deixa muito feliz porque sempre quis ajudar a organizar este fantástico evento e fazer parte de uma equipa que conta com o Ademar Aguiar, a Catarina Reis, o Filipe Correia, o João Cerdeira,  a Teresa Carreiro e outras pessoas com quem me identifico pessoalmente e profissionalmente.

Até para a semana.

Agile Portugal 2015 :: wrap up

E cá está o resumo da conferencia Agile Portugal 2015:

1 – O evento regressou ao Porto, ao seu berço;

2 – 1 dia de conferencia e 1 dia de workshops é curto. Os “Agilistas” de Portugal precisam de mais um dia de conferência (ou dois encontros anuais) para networking e partilhar conhecimento;

3-  Número de (invited) Speakers internacionais desajustado da duração da conferencia. O número desta edição estaria mais ajustado se tivéssemos 2 dias de conferencia. Ao termos menos (invited) speakers internacionais daríamos mais espaço a talks da comunidade Portuguesa mas também de outras comunidades (como foi o caso da Polónia e da Bélgica);

4 – Mais de 200 inscritos…praticamente o dobro das pessoas da edição anterior;

5 – Excelente trabalho do Ademar Aguiar, João Cerdeira, Catarina Carvalho, Catarina Reis, Filipe Correia, Joseph Yoder, Ricardo Martinho e Teresa Carreiro em tornarem este evento possível;

6 – O Kiro Harada foi (na minha opinião) o melhor speaker do evento;

7 – Temos cada vez mais empresas interessadas em dar os primeiros passos em Agile… o que faz com que a audiência da edição deste ano fosse mista entre iniciantes e praticantes;

8 – Faltou um jantar / festa da conferência… que obviamente fará ainda mais sentido quando o evento tiver 2 dias de conferência. É importante este tipo de convívio principalmente para quem não vive na cidade do evento (recordo-me que em Leiria foi giríssimo);

9 – Houve uma enorme melhoria em relação às sponsored talks.

Em jeito de conclusão: gostei mas soube a pouco.

Portugal precisa de mais… principalmente tendo empresas como a Sonae, CTT e Zurich a darem os primeiros passos neste mundo.

Deixo-vos umas fotos minhas na conferência:
agilept-1

agilept-2

agilept-3

agilept-4

Até para a semana.

agile portugal 2014 :: pair programming talk

Foi publicado recentemente o meu video da talk que dei no AgilePT (Agile Portugal) 2014.

Para quem não pôde assistir aqui está ele:

 

Até para a semana 🙂